ATENÇÃO!!! ESTAMOS DE CARA NOVA! SOLICITE UM RESET DE SUA SENHA E CRIE NOVAMENTE SEU ANÚNCIO DE CRIADOR!

Calafate

Compartilhe

Ficha Técnica

  • Nome Popular: Calafate
  • Nome Científico: Lonchura oryzivora
  • Origem: Ilhas Indonésias (Java, Sumatra, Bornéo)
  • Espécie: Silvestre
  • Tamanho: Aproximadamente 15 cm
  • Peso: Não especificado
  • Expectativa de Vida: Não especificada

Introdução

O Calafate, também conhecido como Pardal de Java ou Pada, é uma espécie de ave encantadora originária das ilhas indonésias como Java, Sumatra e Bornéo. Este pássaro é apreciado tanto por sua beleza como por seu comportamento social em cativeiro.

História e Origem

Descoberto e espalhado pelo mundo por marinheiros holandeses, o Calafate é nativo da Indonésia, onde tradicionalmente é considerado uma praga nas plantações de arroz devido ao seu apetite por grãos. A espécie foi introduzida em diversos outros países, adaptando-se bem a diferentes ambientes.

Mutações e Cores

O Calafate possui uma coloração característica com a cabeça preta e branca e o corpo em dois tons de cinza, embora mutações em cativeiro apresentem uma ampla variedade de cores, incluindo exemplares inteiramente brancos.

Distinção de Sexo

Os machos podem ser diferenciados das fêmeas pelo canto, já que apenas os machos cantam. Outras características incluem um bico mais proeminente e um anel ao redor dos olhos mais vermelho em machos adultos.

Canto

O canto do Calafate é utilizado principalmente pelos machos para atrair fêmeas e como forma de comunicação dentro do grupo.

Confinamento

Calafates adaptam-se bem a vida em aviários, podendo ser criados em pequenos grupos. Uma gaiola espaçosa e protegida de correntes de ar é ideal para sua manutenção em cativeiro.

Cuidados Gerais

Essas aves gostam de se banhar e devem ter acesso regular à água para banhos. A limpeza frequente de sua gaiola e utensílios é essencial para manter a saúde do pássaro.

Criação e Reprodução

A reprodução dos Calafates é facilitada pelo fornecimento de material para a construção de ninhos, como capim e sisal. Eles reproduzem-se facilmente em cativeiro, especialmente em colônias.

Cuidados com Filhotes

Os filhotes devem ser cuidadosamente monitorados e separados dos pais após cerca de 40 dias para garantir seu desenvolvimento independente.

26 Visualizações
Compartilhe

Entrar

Preencha o formulário abaixo acessar sua conta!

Usuário ou e-mail *
Senha *
Lembrar-me

receba nossa NEWSLETTER

Preencha o formulário abaixo para se inscrever!

Nome *
E-mail *
Autoriza o envio de Whatsapp? *
Whatsapp *
Somente Whatsapp do BRASIL

Crie sua Conta

Preencha o formulário abaixo para criar sua conta!