ATENÇÃO!!! ESTAMOS DE CARA NOVA! SOLICITE UM RESET DE SUA SENHA E CRIE NOVAMENTE SEU ANÚNCIO DE CRIADOR!

Como criar um caturrita (Myiopsitta monachus)?

Compartilhe

Introdução

A criação de caturritas (Myiopsitta monachus) é uma atividade fascinante e gratificante para os amantes de aves. Essas pequenas e coloridas aves são conhecidas por sua inteligência, sociabilidade e capacidade de imitar sons. Neste glossário, iremos explorar passo a passo como criar um caturrita, desde a escolha do local adequado até a alimentação e cuidados necessários para garantir o bem-estar dessas aves.

Escolhendo o local ideal

Antes de iniciar a criação de caturritas, é importante escolher o local adequado para abrigá-las. Um viveiro espaçoso e seguro é essencial para proporcionar um ambiente saudável e estimulante para as aves. Certifique-se de que o viveiro tenha espaço suficiente para que as caturritas possam voar livremente e explore diferentes áreas.

Preparando o viveiro

Uma vez escolhido o local, é hora de preparar o viveiro para receber as caturritas. Certifique-se de que o viveiro seja feito com materiais resistentes e seguros, como arame galvanizado. Adicione poleiros de diferentes tamanhos e texturas para que as aves possam exercitar seus pés e bicos. Além disso, inclua ninhos ou caixas adequadas para a reprodução das caturritas.

Alimentação adequada

A alimentação adequada é fundamental para manter as caturritas saudáveis e felizes. Elas devem ser alimentadas com uma dieta balanceada que inclua sementes, frutas, vegetais e ração específica para aves. Evite oferecer alimentos gordurosos ou tóxicos, como chocolate e abacate. Certifique-se de que as caturritas tenham sempre água fresca disponível.

Sociabilização e interação

As caturritas são aves altamente sociáveis e precisam de interação diária com seus donos. Dedique tempo para brincar, conversar e treinar suas caturritas. Isso ajudará a fortalecer o vínculo entre vocês e estimulará o desenvolvimento mental das aves. Lembre-se de que as caturritas são aves inteligentes e podem aprender truques e comandos.

Cuidados veterinários

Assim como qualquer animal de estimação, as caturritas também precisam de cuidados veterinários regulares. Agende consultas periódicas com um veterinário especializado em aves para garantir que suas caturritas estejam saudáveis e livres de doenças. Além disso, fique atento a qualquer sinal de doença, como perda de apetite, penas eriçadas ou comportamento anormal.

Reprodução das caturritas

A reprodução das caturritas é um processo fascinante e pode ser realizado em cativeiro. Para reproduzir caturritas, é necessário ter um casal compatível e um ninho adequado. As caturritas fêmeas geralmente colocam de 4 a 6 ovos, que são incubados por cerca de 23 dias. Durante esse período, é importante garantir que o ninho esteja em um local tranquilo e seguro.

Cuidados com os filhotes

Após a eclosão dos ovos, os filhotes de caturrita exigem cuidados especiais. Eles são alimentados pelos pais com uma papinha especial chamada de “papinha de filhotes”. É importante garantir que os filhotes recebam alimentação adequada e sejam mantidos em um ambiente aquecido e seguro. Evite interferir muito no ninho, pois isso pode estressar os pais e prejudicar o desenvolvimento dos filhotes.

Manutenção do viveiro

Para manter o viveiro das caturritas em boas condições, é necessário realizar uma manutenção regular. Limpe o viveiro semanalmente, removendo fezes, restos de alimentos e sujeira acumulada. Verifique se os poleiros estão em bom estado e substitua-os caso estejam desgastados. Além disso, verifique se o viveiro está bem protegido contra predadores e intempéries.

Enriquecimento ambiental

As caturritas são aves ativas e curiosas, por isso é importante oferecer um ambiente enriquecido para estimular seu comportamento natural. Adicione brinquedos, como balanços, escadas e cordas, para que as aves possam se exercitar e se divertir. Além disso, disponibilize galhos de árvores para que as caturritas possam roer e desgastar seus bicos.

Comportamento e linguagem corporal

Observar o comportamento e a linguagem corporal das caturritas é essencial para entender suas necessidades e emoções. As caturritas expressam suas emoções através de vocalizações, posturas corporais e movimentos da cauda. Familiarize-se com esses sinais e aprenda a interpretá-los corretamente para garantir o bem-estar das aves.

Problemas de saúde comuns

Embora as caturritas sejam aves resistentes, elas estão sujeitas a alguns problemas de saúde comuns. Algumas das doenças mais comuns em caturritas incluem infecções respiratórias, problemas de pele e problemas digestivos. Fique atento a qualquer sinal de doença e consulte um veterinário imediatamente se notar algo incomum.

Considerações finais

A criação de caturritas requer dedicação, paciência e conhecimento. Ao seguir as orientações deste glossário, você estará no caminho certo para criar e manter caturritas saudáveis e felizes. Lembre-se de que cada ave é única e pode ter necessidades específicas, por isso é importante estar sempre atento e disposto a aprender e adaptar-se às necessidades individuais de suas caturritas.

Compartilhe
18 Visualizações

Entrar

Preencha o formulário abaixo acessar sua conta!

Usuário ou e-mail *
Senha *
Lembrar-me

receba nossa NEWSLETTER

Preencha o formulário abaixo para se inscrever!

Nome *
E-mail *
Autoriza o envio de Whatsapp? *
Whatsapp *
Somente Whatsapp do BRASIL

Crie sua Conta

Preencha o formulário abaixo para criar sua conta!