ATENÇÃO!!! ESTAMOS DE CARA NOVA! SOLICITE UM RESET DE SUA SENHA E CRIE NOVAMENTE SEU ANÚNCIO DE CRIADOR!

O que é : Anisocoria

Compartilhe

O que é Anisocoria?

Anisocoria é uma condição oftalmológica em que há uma diferença no tamanho das pupilas dos olhos. Essa assimetria pode ser notada a olho nu ou por meio de exames oftalmológicos. A palavra “anisocoria” tem origem grega, sendo que “aniso” significa “desigual” e “coria” se refere à “pupila”. Essa condição pode afetar tanto humanos quanto animais, incluindo aves e pássaros.

Causas da Anisocoria

A anisocoria pode ser causada por uma série de fatores, sendo que algumas das principais causas incluem:

Traumas oculares

Lesões ou traumas nos olhos podem levar à anisocoria. Isso pode ocorrer devido a acidentes, quedas, brigas ou qualquer outro evento que cause danos físicos aos olhos. Os traumas podem afetar diretamente as estruturas que controlam o tamanho das pupilas, resultando em uma assimetria.

Doenças oculares

Algumas doenças oculares podem causar anisocoria. Por exemplo, glaucoma, uveíte, irite e catarata são condições que podem afetar o tamanho das pupilas. Essas doenças podem levar a uma dilatação ou contração anormal das pupilas, resultando em anisocoria.

Problemas neurológicos

Problemas neurológicos, como lesões cerebrais, tumores ou doenças do sistema nervoso, também podem causar anisocoria. Isso ocorre porque o controle das pupilas é regulado pelo sistema nervoso. Qualquer alteração nesse sistema pode levar a uma assimetria no tamanho das pupilas.

Uso de medicamentos

Alguns medicamentos podem causar anisocoria como efeito colateral. Por exemplo, colírios utilizados para tratar certas condições oculares podem afetar o tamanho das pupilas. Além disso, medicamentos que afetam o sistema nervoso, como antidepressivos e anticonvulsivantes, também podem causar anisocoria.

Diagnóstico da Anisocoria

O diagnóstico da anisocoria é realizado por um oftalmologista, que irá avaliar a diferença no tamanho das pupilas e investigar possíveis causas subjacentes. Durante a consulta, o médico pode realizar exames como a medição do diâmetro pupilar, exame de reflexo à luz e avaliação do histórico médico do paciente.

Tratamento da Anisocoria

O tratamento da anisocoria depende da causa subjacente. Em alguns casos, a assimetria pode ser temporária e desaparecer por conta própria. No entanto, se a anisocoria for persistente ou estiver associada a outros sintomas, pode ser necessário um tratamento específico.

Prevenção da Anisocoria

Como a anisocoria pode ter várias causas, não há uma forma específica de prevenção. No entanto, é importante tomar medidas para evitar lesões oculares, como usar óculos de proteção durante atividades de risco e evitar o uso excessivo de medicamentos que possam afetar as pupilas.

Considerações Finais

A anisocoria é uma condição oftalmológica que envolve uma diferença no tamanho das pupilas. Pode ser causada por traumas oculares, doenças oculares, problemas neurológicos ou uso de medicamentos. O diagnóstico é realizado por um oftalmologista, que irá investigar a causa subjacente e determinar o tratamento adequado. Embora nem sempre seja possível prevenir a anisocoria, é importante tomar medidas para proteger os olhos e evitar o uso excessivo de medicamentos que possam afetar as pupilas.

Compartilhe
15 Visualizações

Entrar

Preencha o formulário abaixo acessar sua conta!

Usuário ou e-mail *
Senha *
Lembrar-me

receba nossa NEWSLETTER

Preencha o formulário abaixo para se inscrever!

Nome *
E-mail *
Autoriza o envio de Whatsapp? *
Whatsapp *
Somente Whatsapp do BRASIL

Crie sua Conta

Preencha o formulário abaixo para criar sua conta!