ATENÇÃO!!! ESTAMOS DE CARA NOVA! SOLICITE UM RESET DE SUA SENHA E CRIE NOVAMENTE SEU ANÚNCIO DE CRIADOR!

O que é : Cálculos Renais

Compartilhe

O que é Cálculos Renais?

Cálculos renais, também conhecidos como pedras nos rins, são formações sólidas que se desenvolvem nos rins ou nas vias urinárias. Essas pedras são compostas por substâncias presentes na urina, como cálcio, oxalato, ácido úrico e fosfato. Quando essas substâncias se acumulam em quantidades excessivas, podem se cristalizar e formar os cálculos renais.

Como os Cálculos Renais se formam?

A formação dos cálculos renais ocorre quando a concentração de certas substâncias na urina está muito alta, ou quando há uma diminuição na quantidade de líquidos no organismo. Esses fatores podem levar à supersaturação da urina, ou seja, quando a quantidade de substâncias dissolvidas na urina é maior do que a capacidade de dissolução da mesma.

Quando a urina está supersaturada, os cristais começam a se formar e se agregam, formando pequenas pedras. Com o tempo, essas pedras podem crescer e se tornar maiores, causando desconforto e obstruindo o fluxo normal da urina.

Quais são os sintomas dos Cálculos Renais?

Os sintomas dos cálculos renais podem variar dependendo do tamanho e da localização das pedras. Em alguns casos, os cálculos renais podem ser assintomáticos e só serem descobertos durante exames de rotina. No entanto, quando os sintomas estão presentes, eles podem incluir:

  • Dor intensa na região lombar, que pode se espalhar para a parte inferior do abdômen e virilha;
  • Dor ao urinar;
  • Sangue na urina;
  • Náuseas e vômitos;
  • Urinar com frequência;
  • Urina com odor forte;
  • Febre e calafrios, em casos de infecção associada aos cálculos renais.

Como são diagnosticados os Cálculos Renais?

O diagnóstico dos cálculos renais geralmente é feito com base nos sintomas relatados pelo paciente e em exames complementares. O médico pode solicitar exames de imagem, como radiografias, ultrassonografias ou tomografias, para identificar a presença e a localização das pedras.

Além disso, exames de urina podem ser realizados para verificar a presença de sangue, cristais ou infecção. A análise química da pedra também pode ser feita para determinar sua composição e auxiliar no tratamento adequado.

Quais são as causas dos Cálculos Renais?

As causas dos cálculos renais podem variar de acordo com o tipo de pedra formada. Os cálculos de cálcio são os mais comuns e podem ser causados por fatores genéticos, dieta rica em oxalato, baixa ingestão de líquidos, hiperparatireoidismo e certas condições médicas, como doença inflamatória intestinal.

Os cálculos de ácido úrico podem ser decorrentes de dietas ricas em proteínas, gota, quimioterapia ou certas condições genéticas. Já os cálculos de estruvita estão associados a infecções do trato urinário, enquanto os cálculos de cistina são causados por uma condição genética rara.

Qual é o tratamento para os Cálculos Renais?

O tratamento para os cálculos renais pode variar dependendo do tamanho, da localização e do tipo de pedra. Em casos de pedras pequenas e assintomáticas, o médico pode recomendar medidas conservadoras, como aumento da ingestão de líquidos e uso de medicamentos para aliviar a dor.

No entanto, em casos de pedras maiores ou sintomáticas, pode ser necessário realizar procedimentos para a remoção das pedras. Alguns dos procedimentos mais comuns incluem:

  • Litotripsia extracorpórea por ondas de choque (LEOC): utiliza ondas de choque para quebrar as pedras em pedaços menores, que podem ser eliminados pela urina;
  • Cirurgia endoscópica: utiliza um tubo fino e flexível inserido pela uretra para remover ou quebrar as pedras;
  • Cirurgia aberta: em casos mais graves, pode ser necessária uma cirurgia aberta para remover as pedras.

Como prevenir os Cálculos Renais?

A prevenção dos cálculos renais envolve algumas medidas que podem ajudar a reduzir o risco de formação das pedras. Algumas dicas importantes incluem:

  • Beber bastante líquido, especialmente água, para manter a urina diluída;
  • Reduzir o consumo de alimentos ricos em oxalato, como espinafre, beterraba, chocolate e chá preto;
  • Limitar o consumo de alimentos ricos em sódio e proteínas;
  • Aumentar a ingestão de alimentos ricos em cálcio, mas preferencialmente provenientes de fontes alimentares e não de suplementos;
  • Evitar o consumo excessivo de vitamina C;
  • Manter um peso saudável;
  • Evitar o uso excessivo de medicamentos que possam aumentar o risco de formação de pedras, como antiácidos contendo cálcio.

Conclusão

Em resumo, os cálculos renais são formações sólidas que se desenvolvem nos rins ou nas vias urinárias devido à concentração excessiva de substâncias na urina. Essas pedras podem causar sintomas como dor intensa, sangue na urina e náuseas. O diagnóstico é feito por meio de exames de imagem e análise da urina. O tratamento pode envolver medidas conservadoras ou procedimentos para a remoção das pedras. Para prevenir os cálculos renais, é importante manter uma boa hidratação, adotar uma dieta equilibrada e evitar fatores de risco. Consulte sempre um médico especialista para um diagnóstico preciso e um plano de tratamento adequado.

Compartilhe
14 Visualizações

Entrar

Preencha o formulário abaixo acessar sua conta!

Usuário ou e-mail *
Senha *
Lembrar-me

receba nossa NEWSLETTER

Preencha o formulário abaixo para se inscrever!

Nome *
E-mail *
Autoriza o envio de Whatsapp? *
Whatsapp *
Somente Whatsapp do BRASIL

Crie sua Conta

Preencha o formulário abaixo para criar sua conta!