ATENÇÃO!!! ESTAMOS DE CARA NOVA! SOLICITE UM RESET DE SUA SENHA E CRIE NOVAMENTE SEU ANÚNCIO DE CRIADOR!

O que é : Queratoconjuntivite

Compartilhe

O que é Queratoconjuntivite?

A queratoconjuntivite é uma condição oftalmológica que afeta aves e pássaros, causando inflamação da córnea e da conjuntiva. É uma doença comum em aves de estimação e também pode afetar aves selvagens. A inflamação pode resultar em vermelhidão, inchaço, lacrimejamento excessivo e até mesmo úlceras na córnea. A queratoconjuntivite pode ser causada por uma variedade de fatores, incluindo infecções bacterianas, virais ou fúngicas, irritações químicas ou traumas físicos.

Sintomas da Queratoconjuntivite

Os sintomas da queratoconjuntivite podem variar dependendo da gravidade da doença e da espécie da ave afetada. Alguns dos sintomas mais comuns incluem:

  • Olhos vermelhos e inchados
  • Lacrimejamento excessivo
  • Coceira e irritação nos olhos
  • Presença de secreção ocular
  • Úlceras na córnea
  • Visão turva ou comprometida

É importante observar que esses sintomas podem ser semelhantes aos de outras doenças oculares em aves, portanto, é essencial consultar um veterinário especializado em aves para um diagnóstico preciso.

Causas da Queratoconjuntivite

A queratoconjuntivite pode ser causada por uma variedade de fatores, incluindo:

  • Infecções bacterianas: bactérias como Chlamydia psittaci e Mycoplasma gallisepticum podem causar a doença.
  • Infecções virais: vírus como o herpesvírus aviário e o vírus da doença de Newcastle podem levar ao desenvolvimento da queratoconjuntivite.
  • Infecções fúngicas: fungos como Aspergillus spp. e Candida spp. podem infectar os olhos das aves e causar inflamação.
  • Irritações químicas: exposição a produtos químicos irritantes, como fumaça, gases tóxicos ou produtos de limpeza inadequados, pode desencadear a queratoconjuntivite.
  • Traumas físicos: lesões nos olhos, como arranhões, picadas de insetos ou objetos estranhos, podem resultar em inflamação e infecção.

Diagnóstico da Queratoconjuntivite

O diagnóstico da queratoconjuntivite em aves é realizado por um veterinário especializado em aves e envolve uma combinação de exame clínico, histórico médico do animal e, em alguns casos, testes laboratoriais. Durante o exame clínico, o veterinário irá observar os sintomas oculares, avaliar a saúde geral da ave e realizar testes específicos, como a cultura de amostras oculares, para identificar o agente causador da doença.

Tratamento da Queratoconjuntivite

O tratamento da queratoconjuntivite em aves varia dependendo da causa subjacente da doença. Em casos de infecções bacterianas, o veterinário pode prescrever antibióticos específicos para combater a bactéria causadora. No caso de infecções virais, o tratamento é mais desafiador, e o veterinário pode recomendar medidas de suporte, como a administração de analgésicos e colírios para aliviar os sintomas. Em casos de irritações químicas, é essencial remover a ave do ambiente irritante e fornecer cuidados oculares adequados. Traumas físicos podem exigir intervenção cirúrgica para remover objetos estranhos ou reparar lesões.

Prevenção da Queratoconjuntivite

Para prevenir a queratoconjuntivite em aves, é importante adotar medidas de higiene adequadas, como limpar regularmente as gaiolas e os utensílios das aves, fornecer uma dieta balanceada e enriquecida com nutrientes essenciais, evitar a exposição a produtos químicos irritantes e manter a ave longe de áreas com aves doentes. Além disso, é fundamental realizar exames veterinários regulares para detectar precocemente qualquer problema ocular e garantir um tratamento adequado.

Conclusão

A queratoconjuntivite é uma condição oftalmológica comum em aves e pássaros, que pode causar inflamação da córnea e da conjuntiva. Os sintomas incluem olhos vermelhos e inchados, lacrimejamento excessivo e úlceras na córnea. A doença pode ser causada por infecções bacterianas, virais ou fúngicas, irritações químicas ou traumas físicos. O diagnóstico é realizado por um veterinário especializado em aves e o tratamento varia dependendo da causa subjacente. Medidas de prevenção, como higiene adequada e cuidados veterinários regulares, são essenciais para evitar a queratoconjuntivite em aves.

Compartilhe
16 Visualizações

Entrar

Preencha o formulário abaixo acessar sua conta!

Usuário ou e-mail *
Senha *
Lembrar-me

receba nossa NEWSLETTER

Preencha o formulário abaixo para se inscrever!

Nome *
E-mail *
Autoriza o envio de Whatsapp? *
Whatsapp *
Somente Whatsapp do BRASIL

Crie sua Conta

Preencha o formulário abaixo para criar sua conta!